11 Dicas de Gestão Empresarial em tempos de Pandemia

Gestão empresarial é sempre um tema importante para uma empresa, porém, nem sempre a gestão é colocada em primeiro plano.

11 Dicas de Gestão Empresarial em tempos de Pandemia

De forma geral, o empreendedor é uma pessoa que possui habilidades  técnicas  que lhe permitem ganhar dinheiro.

Frequentemente o empreendedor foca em desenvolver suas habilidades técnicas e acaba deixando a gestão da empresa em segundo plano.

Esse é um erro bastante comum, pois a gestão eficiente é muito importante para garantir a sustentabilidade financeira da empresa ao longo do tempo.

Gestão empresarial em tempos de crise

Nos tempos de crise, a necessidade da gestão empresarial eficiente é extrema, pois é fundamental gerenciar cuidadosamente todas as operações para não ter prejuízo.

A crise da pandemia do coronavírus tem características próprias e ações são necessárias para que as empresas consigam enfrentar esses tempos difíceis.

Muitas empresas estão com as operações paralisadas de forma temporária para evitar a transmissão do vírus e o aumento da pandemia. No entanto, isto tem consequências como a diminuição das receitas e consequentes dificuldades no caixa.

Para ajudar as empresas preparamos uma lista de ações emergenciais com 11 medidas que visam dar um norte ao empreendedor para que seja possível enfrentar a crise com alguma serenidade.

1-Consulte seu escritório de contabilidade

Seu escritório de contabilidade pode fornecer informações importantes nesses tempo de crise.

A assessoria de um contador é muito importante para avaliar as alternativas nas áreas trabalhista, fiscal, contábil e inclusive mostrar caminhos que auxiliam a diretoria da empresa a tomar a melhores decisões financeiras.

A contabilidade empresarial tem um papel muito importante neste momento.

2-Faça o levantamento de contas a pagar e a receber

A gestão correta do caixa nesse período é essencial. Levante todas as contas a pagar e a receber nos próximos 3 meses. Desta forma, você terá uma visão dos compromissos e receitas mais imediatos e também dos meses seguintes.

A projeção do fluxo de caixa vai ajudar a tomar decisões importantes de forma a garantir a sustentabilidade financeira da empresa.

3-Classifique as contas a pagar por importância

Esta classificação vai ajudar a entender quais contas são as mais importantes e não podem deixar de ser honradas, pois podem comprometer a operação da empresa.

Por exemplo, em uma indústria, alguns fornecedores são mais importantes ou até mesmo indispensáveis porque fornecem insumos que são necessários para que a indústria possa produzir, caso contrário não haverá produto para vender.

4-Verifique contas que possam ter pagamento postergado

No momento da crise, para resolver problemas de liquidez a curto prazo é interessante analisar quais pagamentos podem ser prorrogados ou postergados a fim de dar um alívio ao caixa neste momento.

É claro que alguns serviços são essenciais e seu pagamento deve ser priorizado. Faça esse levantamento.

5-Verifique quais impostos tiveram pagamento prorrogado

Vários impostos tiveram pagamento prorrogado. Novamente é necessário a assessoria de seu contador para apresentar as melhores alternativas na área tributária.

  • Empresas optantes do SIMPLES podem prorrogar o pagamento do DAS, as parcelas de março, abril e maio de 2020 foram adiadas para outubro, novembro e dezembro.
  • Os impostos federais que vencem em abril e maio de 2020 também vão ser prorrogados;
  • O pagamento do FGTS também pode ser prorrogado e pago em parcelas a partir do segundo semestre.

Caso a empresa já possua algum imposto atrasado, verifique com seu contador como fazer a renegociação de débito tributário.

6-Negocie suas dívidas

Algumas despesas podem ser renegociadas a fim de tentar aliviar o caixa no curto prazo e continuar honrando seus compromissos.

A ideia é renegociar para evitar pagar juros e multas e assim manter os compromissos sob controle.

Algumas dívidas importantes podem ser renegociadas, tais como:

  • Aluguel;
  • Fornecedores;
  • Dívidas tributárias.

Renegocie o aluguel

Verifique se é possível renegociar aluguel. Lembre-se que também é do interesse do proprietário do imóvel que este permaneça alugado. Tente negociar um desconto temporário.

Renegocie com fornecedores

Dívidas com  fornecedores podem afetar o funcionamento da empresa. Tente uma renegociação, pois os fornecedores também tem interesse que sua empresa continue comprando ao longo do tempo.

Renegocie as dívidas tributárias

Dívidas tributárias também podem causar problemas por impedir a emissão de certidões negativas. É interessante consultar seu escritório de contabilidade que pode instruir como fazer renegociação da dívida com a Receita Federal.

Troque dívidas por crédito mais barato

Caso a empresa tenha dívidas em cheque especial ou cartão de crédito, converse com o gerente do seu banco e tente trocar essa dívida utilizando uma linha de crédito mais barata.

7-Analise as medidas trabalhistas emergenciais

Estude as opções de medidas trabalhistas emergenciais das MP 936 e MP 927.

A MP 936 trata da possibilidade de suspensão de contrato ou redução de jornada com redução de salário.

No vídeo a seguir, temos uma explicação detalhada sobre como funciona a MP 936.

Novamente, neste caso, o escritório de contabilidade, mais especificamente a área de departamento pessoal pode ser muito útil para ajudar o empresário na tomada de decisão.

8-Analise a necessidade de crédito

Se a empresa está operando, porém sofreu um impacto no caixa, pode ser que seja necessário crédito. Neste caso é preciso cautela. Verifique se consegue arcar com esses pagamentos futuros antes de fechar o negócio com crédito.

Se a empresa não tem capital de giro para cobrir compromissos de curto prazo a antecipação de recebíveis pode resolver os pagamentos de despesas mais urgentes.

Antecipação de recebíveis

A antecipação de recebíveis pode ser uma boa forma de obter liquidez no curto prazo com juros menores do que um empréstimo. Outra vantagem é que é mais fácil de contratar do que um empréstimo, principalmente quando se trata de uma pequena empresa. Converse com o gerente de seu banco.

Crédito com juros subsidiados

Atualmente existem várias linhas de financiamento com juros subsidiados, porém antes de tomar crédito faça uma análise dos seguintes pontos:

  • Existe uma real necessidade de buscar crédito?
  • Analise as linhas de crédito disponíveis no mercado e suas finalidades;
  • Verifique a taxa de juros;
  • Verifique os prazos de carência;
  • Quantidade de parcelas e valor das parcelas.

O BNDES tem várias opções de crédito, você pode consultar aqui.

Busque alternativas

Pense em alternativas para remodelar seu negócio. Talvez modificando o modelo do seu negócio não haja mais necessidade de obter crédito porque você pode descobrir como trabalhar de forma inovadora e com custo menor. Veja alguns exemplos de como usar criatividade nos negócios no item 11 deste artigo.

Evite dívidas de curto prazo e cheque especial

Resumindo, analise bem, somente faça dívidas que podem ser pagas a longo prazo, evite dívidas de curto prazo e fuja dos juros do cheque especial.

9-Avalie as opções de financiamento de folha de pagamento

A folha de pagamento é uma despesa considerável para a maioria das empresas.

 BNDES possui uma linha de financiamento para folhas de pagamento com condições que podem ser muito vantajosas para quem precisa desse tipo de crédito.

A linha de financiamento de folha esta disponível nos bancos, pois o BNDES tem parceria com os bancos privados.

O crédito para financiamento de folha de pagamento tem as seguintes condições:

  • 6 meses de carência;
  • 36 meses para pagar;
  • taxa de juros de 3,75% ao ano;
  • limite de até 2 salários mínimos por funcionário.

10-Gerencie os estoques com cuidado

É muito importante evitar desperdícios e verificar o que pode gerar de receita com estoques, para tanto, algumas ações deve ser tomadas, tais como:

  • Avalie o seu estoque e gerencie com cuidado;
  • Verifique o que realmente é necessário quando for fazer uma recompra;
  • Existem itens no estoque que podem ser úteis para os clientes?
  • É possível fazer promoções?
  • Verifique a validade dos produtos.

11-Utilize criatividade e tecnologia na gestão empresarial

A criatividade nos negócios sempre faz a diferença. Utilizar a tecnologia de forma criativa a seu favor pode fazer toda a diferença na crise.

Algumas empresas estão encontrando novas formas de fazer caixa ou oferecer produtos e serviços remodelados ao consumidor, usando criatividade aliada à tecnologia.

Podemos citar alguns exemplos interessantes abaixo:

  • Voucher para consumo futuro;
  • Utilização de e-commerce;
  • Vendas em marketplace;
  • Vendas por aplicativos;
  • Entregas por aplicativos;
  • Venda de ativos que não são mais necessários;
  • Permutas com outras empresas.

Seja criativo na oferta

Muitas empresas estão vendendo um voucher com desconto para prestar um serviço no futuro, quando o mercado voltar a normalidade.  Esta é uma ideia interessante para empresas que estão fechadas ao público devido à pandemia.

Exemplo: voucher de salão de beleza, voucher de consumação em bares com desconto.

Esta é uma forma criativa de vendas que produz um alívio no caixa e mantém a fidelidade do cliente.

Utilize a tecnologia a seu favor

Caso sua empresa não esteja aberta ao público, você pode vender pela internet ou vender por aplicativos e fazer entregas de produtos usando a facilidade aplicativos de entrega.

Por exemplo, um restaurante pode trabalhar somente com delivery  e aplicativos como iFood podem ser muito úteis na hora da venda.

Aplicativos para entrega como Loggi e Rappi também são uma alternativa simples, rápida e com custo acessível para entrega de produtos.

Use o e-commerce, para vender pela internet quando não for possível ter a loja aberta fisicamente.

O MarketPlace também pode ser uma forma alternativa de vendas sem ter que gastar com uma grande infraestrutura.

Pense em alternativas

Outra forma interessante é fazer permutas entre as empresas. Você pode trocar equipamentos ou serviços por insumos com o fornecedor.

Venda de equipamentos que a empresa não necessita mais também é uma opção para fazer caixa.

Caso tenha dinheiro em caixa, você pode por outro lado aproveitar oportunidades de comprar com grandes descontos.

Conclusão

Em tempos de crise a gestão empresarial deve ser reforçada para que a empresa obtenha exito.

A contabilidade empresarial assume um papel importante na gestão da crise, permitindo uma visão melhor da empresa. A assessoria nas questões tributárias e no departamento pessoal é muito relevante para tomar as melhores decisões.

O conhecimento do fluxo de caixa e das contas a pagar e a receber permite fazer uma classificação e estabelecer prioridades financeiras.

A negociação com clientes, fornecedores e colaboradores é essencial para o equilíbrio da empresa.

Neste momento, linhas de crédito especiais e flexibilização das leis trabalhistas permitem um maior fôlego financeiro para que as empresas possam atravessar a crise e manter os empregos dos colaboradores.

Esperamos que este artigo tenha contribuído para ajudar os empreendedores do nosso Brasil.

Até a próxima!

Qual é a sua reação?

like
0
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0